Olá pessoal!

Hoje voltamos com a série de artigos que trata sobre as rotinas administrativas do Clusterware.

Hoje veremos com um pouco mais de detalhes o crsctl.

O crsctl, também é conhecido como cluster control.

Algumas características do crsctl:

  • Pode ser executado a partir de qualquer nó;
  • Deve sempre ser executado com o usuário root;
  • Controla todos os nós (exceto o start/stop);
  • É a principal ferramenta de administração do Clusterware;
  • Utilizado para verificação e alteração de parâmetros (indicado somente sob a solicitação do Suporte Oracle);
  • Utilizado para debug do Clusterware;
  • Rotinas administrativas do Clusterware.

Alguns exemplos de uso:

Para verificar o status de TODOS os daemons do Clusterware:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl check crs

Para verificar o status do CRSD:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl check crsd

Para verificar o status do EVMD:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl check evmd

Para verificar o status do CSSD:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl check cssd

Para verificar as versões do Clusterware:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl query crs activeversion
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl query crs softwareversion

Para verificar (e alterar) parâmetros:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl get css misscount
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl get css disktimeout
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl set css misscount 3600
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl set css disktimeout 3600

Para Listar módulos do cluster

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl lsmodules crs
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl lsmodules css
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl lsmodules evm

Para habilitar o debug de um módulo e um recurso:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl debug log crs “CRSCOMM:3”  # Vai de 0 a 5
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl debug log res “ora.rac1.vip:5”

Para debugar todos os recursos:
Editar o script $ORA_CRS_HOME/bin/racgwrap e definir a variável _USR_ORA_DEBUG como 1

Para exibir os Voting Disks:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl query css votedisk

Para migrar os Voting Disks de raw devices para block devices (essa atividade foi feita também em outro post) – relembre aqui:

Como root, nos nós rac1 e rac2:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl stop crs

Como root, apenas em um nó. Como exemplo, no nó 1:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl add css votedisk /dev/voting1 -force
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl add css votedisk /dev/voting2 -force
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl add css votedisk /dev/voting3 -force
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl query css votedisk
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl delete css votedisk /dev/raw/raw1 -force
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl delete css votedisk /dev/raw/raw3 -force
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl delete css votedisk /dev/raw/raw5 -force
/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl query css votedisk

Como root nos nós rac1 e rac2:

/u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/bin/crsctl start crs

Como puderam ver, o crsctl é utilizado em muitos casos.

Geralmente habilitamos o debug ou alteramos parâmetros sob solicitação do Suporte Oracle mediante algum problema no ambiente.

O objetivo deste post, assim como todos os outros que eu coloco neste blog, não é preparar você para uma prova de certificação, mas, sim para prepará-lo para trabalhar no mundo real.

No próximo artigo, veremos como funciona o srvctl.

Um abraço!

Vinicius







----------------------------------------------------------------------------

Copyright:

Este site e todo o conteúdo aqui publicado pertence ao Blog ViniciusDBA.com.br e possui seus respectivos direitos autorais.

O Conteúdo deste Blog não deve ser publicado, distribuído ou transmitido sem autorização prévia de seu autor.

Oracle e seus produtos são marcas registradas da Oracle Corporation® (http://www.oracle.com) Todo o material aqui encontrado é mantido sem ajuda financeira e mantém como propriedade de seu fundador/escritor.

Disclaimer:
The views expressed on this blog are my own and do not necessarily reflect the views of my employeer, Accenture.
As opiniões publicadas neste blog (http://www.viniciusdba.com.br) são pessoais e não necessariamente representam a visão da Oracle ou do meu empregador, a Accenture.


Toda informação aqui encontrado é oferecida através do uso do bom senso e boa fé do seus leitores e não deve ser considerada como material oficial da Oracle Corporation (http://www.oracle.com) ou do meu empregador, a Accenture.

O Autor não considera as informações aqui como oficiais e/ou permitidas para redistribuição. Ao utilizar o site http://www.viniciusdba.com.br o leitor deve entender e aceitar que as informações aqui encontradas são de direitos autorais do Autor.

O blog http://www.viniciusdba.com.br não faz revisão de conteúdo publicado por outros, como comentários, bem como posts em grupo de usuários ou portais.